Category: tecnologia

Desafio HTC

A HTC está a desafiar os consumidores a descobrirem, de um conjunto de fotos, quais as tiradas com um smartphone e quais as tiradas com uma “câmara digital profissional”.
Entre as fotos está uma da Residencial Varandas (mesmo ao lado da Casa dos Bicos e do Adufe Bar em Alfama).

Embora seja interessante ver a evolução da qualidade fotográfica dos smartphones, a verdade é que nunca poderão chegar à profundidade de campo obtida por uma boa lente de máquina fotográfica “a sério”.

Um portátil em 4 Capítulos (por agora)

Imaginem a seguinte situação…

Capítulo I – A compra

Compram um portátil, um ultra-book 900x da Samsung para ser mais preciso.
Trata-se de um topo de gama, a nata da nata do mercado – não existe mais fino e potente no mercado, e a marca orgulha-se do facto.

Escrevem um post sobre o dito cujo ( http://ebalsa.org/tecnologia/samsung-900x-pequena-vista-de-olhos ) em que lhe apontam os poucos defeitos, dos quais vou agora destacar “Fichas USB e cabo de ligação ethernet pouco sólidas – tem de se ter cuidado para não mexer muito quando algo lá está ligado”.

Capítulo II – O problema surge

Uns meses depois (poucos, infelizmente), surge o primeiro problema! A ficha de electricidade deixa de prender no aparelho, e só com grandes ginásticas se consegue carregar a bateria…

Não tinha havido nenhum acidente que justificasse o facto, logo, primeira reacção? Google it !

Resultados? Algumas dezenas [eg: http://forum.notebookreview.com/samsung/608842-power-plug-problem-np900x3a.html ], incluindo variadas pessoas que se dirigiram à garantia da Samsung e onde a situação foi corrigida (sem custos) e outros que indicam que o novo modelo do portátil tem inclusivé um novo design de ficha, possivelmente para evitar este problema generalizado…

Suspiro de alivio… vai ser só entregar o portátil, sofrer alguns dias (semanas?) sem ele e tudo voltará ao normal… um problema geral é normalmente resolvido pelo fabricante ou seus representantes sem grandes questões…

Capítulo III – O afastamento

Depois de algum malabarismo e planeamento, lá se consegue uns dias em que o portátil pode ser posto na garantia…
Primeiro passo? Site da Samsung – onde rapidamente se descobre que a melhor solução parece ser colocar o aparelho na “BCD – Manutenção de Equipamento Electrónico e Informático“.
Segundo passo – contactamos a BCD e combinamos uma recolha do equipamento, tudo simples e normal. enviamos um email com factura, dados, problemas … e… aguardamos pelo próximo dia.
Rapidez! Menos de 24 horas passadas o portátil já foi recolhido, e em troca apenas um papel com a decrição – mala, portátil X, carregador…

Capítulo IV – Inicio do pesadelo.
Dois dias depois, primeiro email da BCD «Vimos pelo presente informar que numa primeira análise visual efectuada ao
equipamento verifica-se que o mesmo encontra-se danificado na parte de baixo, estando o “housing bottom” partido.»
Housing bottom partido? Envia-se de imediato um email a questionar que dano é esse.
Duas horas depois, novo email – um orçamento – Mão de obra €50, Peça €25,34 – Total – 75,34+IVA pela reparação (“tipo de dano – ´partido´”)- nenhuma palavra sobre o tal housing partido…
Hora de telefonar, fala-se com alguém da BCD que nos indica que a avaria não está coberta pela garantia por dever-se a utilização indevida, mantém a mesma versão mesmo quando confrontado com os outros casos encontrados pela internet fora.
Em relação ao housing? “Já se encontrava assim quando chegou aos nossos serviços”…que vão verificar a situação.
Novo email da BCD “Conforme contacto telefónico e de acordo com o solicitado junto se envia fotos do estado físico do equipamento.

Lamentando a presente situação, porém não podemos assumir qualquer tipo de responsabilidade por actos de que somos alheios.

Agradecendo a atenção dispensada, apresentamos a nossa disponibilidade para qualquer esclarecimento adicional.”

Não sei ainda como serão os próximos capítulos, já contactei a Samsung telefonicamente que me indicou que deveria enviar um email – email já enviado…
Não quero ainda tirar conclusões, porque penso que tanto a Samsung, como a BCD ainda vão a tempo de tomar a atitude correcta… corrigir o problema da ficha electrica dentro da garantia, e em relação apenas à BCD corrigir o problema do “housing”…

(em baixo, fotos enviadas pela BCD com o dano em questão):

WinRest – Um mundo fechado (ou não)


Recentemente, comecei a ter contacto com uma POS (Point-of-Sale – vulgo, registadora) cujo software é o omni-presente WinRest.

Rapidamente me apercebi que a maioria das configurações estavam bloqueadas, e que apenas pagando a alguém estas poderiam ser alteradas…

Nada que algumas pesquisas mais acertadas pelo Google não resolvessem, com informação do próprio Grupo PIE (autor do dito cujo software).

Tendo em conta que o acesso às áreas de configuração se encontram protegidos com uma password dinâmica, decidi criar uma aplicação para Android que simplificasse a sua geração. Quem estiver interessado pode dar uma olhada aqui.

Smart Galp

A Galp vai brevemente entrar na 2ª Fase de Instalação do programa Smart Galp.

Este programa marca a entrada da Galp no sector de venda de electricidade doméstica.

O programa apresenta três vantagens – uma que não passa de suposta vantagem ,uma real e uma infelizmente imaginária.

A suposta vantagem:

– Descontos nos tarifários de electricidade e gás – bastará comparar o tarifário que nos é apresentado para perceber que a economia é muito magra ( cerca de €1 na mensalidade).

A real vantagem:

– Sistema de controlo em tempo real do consumo de electricidade e gás, assim como termómetro e higrómetro digital.

A vantagem imaginária:

– Um sistema de controlo de consumo automóvel que apenas foi fornecido aos primeiros 30 aderentes (trinta!??!)

Por agora decidi experimentar o serviço – não tem tempo máximo de permanecia, e nada me impede de, a qualquer altura voltar ao tarifário normal da EDP e Galp/GDL.
É uma pena (ou por outra : é previsível) que mais uma vez, esta proliferação de entidades intermediárias não traga nenhuma melhoria a nível do valor final pago pelo consumidor – sendo a prova que a liberalização deste sector é uma farsa e que ficaríamos muito melhor servidos com a antiga empresa dominante se esta baixasse os preços (bastaria deixar de investir milhões em publicidade e nova imagem – eu compro electricidade porque tem de ser, não por ter publicidade bonita).

Logo que tiver mais alguma coisa a dizer sobre o assunto… haverá novo post.

Android ICS Tablet

Algumas screenshots do Android ICS (4.0) a correr em modo Tablet:

 

Samsung 900X – pequena vista de olhos

Como tenho tido o privilégio de privar com esta maravilhosa máquina que é o Samsung 900x, decidi deixar aqui o que acho serem os pontos mais positivos e negativos sobre este equipamento ultra-leve.

Prós:

  • Disco SSD ultra rápido
  • Peso (não o coloquei numa balança, mas parece-me mais leve que o iPad ou Asus Transformer)
  • Ultra silencioso (mesmo puxando ao máximo mal se ouve, e caso se deseje, pode-se ligar uma opção que o silencia ainda mais nas alturas de esforço) – o único barulho que por vezes se ouve é o de uma ventoinha.
  • Ecrã com óptimas cores e contraste – não é um espelho!!
  • Transformador eléctrico pequeno (semelhante aos de telemóvel) e leve
  • Construção resistente e agradável ao toque
  • Duração bateria (nos meus testes, cerca de 6/7 horas de utilização pouco meiga
  • Tecla Caps-Lock à la Commodore Amiga (luzinha)
  • Teclado óptimo
  • Fino mais fino, não há!

Contras:

  • Preço – Cerca de €1500
  • Resolução de apenas 1366×768
  • Fichas USB e cabo de ligação ethernet pouco sólidas – tem de se ter cuidado para não mexer muito quando algo lá está ligado
  • Como já é costume vem com algum crapware – nada que não se remova em 10 minutos – não precisei de reinstalar para ter um sistema limpo.
  • Touchpad um pouco grande demais para o meu gosto

Conclusão:

Para mim claramente este é o melhor portátil (ou ultrabook) disponível actualmente no mercado. É realmente caro, mas tendo em conta as características (i5, 4GB Ram, Disco SSD) não está muito longe do preço de outros que lhe ficam muito atrás quer a nível de aspecto, quer de peso e grossura.

Patent War

Wikipedia Italiana em protesto

A Wikipedia Italiana pôs-se voluntariamente offline face a uma nova lei que o obriga qualquer site a colocar pedidos de correcção por parte de terceiros sem nenhuma decisão por uma parte independente. Claro que para um projecto de voluntários como este, isto seria completamente impossível. É pena que os governantes europeus cada vez mais inventem leis deste calibre em vez de legislarem contra os monopólios e patentes, e pelo uso de software livre e aberto.

Contadores bi-horários

Já alguma vez tentaram enviar a leitura dos contadores EDP bi-horários? Pois…se precisarem de perceber o que raio os números crípticos que aparecem no display (ou as não menos crípticas legendas) e que em nada correspondem ao “sol” e “lua” que o site da EDP/servinet refere, dirijam-se a http://leituradocontador.blogspot.com onde existe uma explicação um tanto ou quanto melhor…

World’s Best Big Brother

 

“Comissão Nacional de Protecção de Dados considera compromisso inconstitucional – Parlamento disse sim à partilha de dados biométricos com os EUA” [ Público ]

+

“O cidadão norte-americano detido pela PJ que estava em Portugal há mais de duas décadas era tido como natural da Guiné-Bissau e tinha Bilhete de Identidade português” [ Público ]

=

“United States officials worked with Portuguese authorities to follow that lead, using the Portuguese national identity database, which includes fingerprints. The fingerprints that the authorities in the United States had for Mr. Wright matched prints on file from Mr. Dos Santos, Mr. Schroeder said.” [ NY Times ]

?

[E já agora, porque é que os jornais dão tanto destaque ao facto de o Mr. Wright ser um homicida, e pouco destaque dão a que ele era um activista politico? E que os seus restantes companheiros, presos em França não foram extraditados para os EUA precisamente por causa disso?]

Older posts

© 2018 E. Balsa

Theme based on hemingway and unoUp ↑