É interessante ver esta entrevista altamente improvável, com norte-americanos a bater palmas à nacionalização dos meios de produção de um pais.