Dia da Vitória!

Exercito Vermelho

Quem comemora o “Dia D” devia olhar melhor para o calendário e passar a comemorar o Dia da Vitória.

Hoje comemoram-se os 64 anos da libertação do mundo da ameça nazi-fascista – comemora-se o dia em que o Exército Nazi capitulou perante o  Exército Vermelho, que havia algumas semanas antes marchado sobre Berlim, e libertado dezenas de campos de concentração [ao contrário do que os que reescrevem a história nos tentam impingir que teriam sido os Americanos a “salvar” a Europa.

6 Comments

  1. Uma curiosidade sobre a fotografia que mostras, o soldado russo que pega na bandeira tinha originalmente dois relógios no pulso, o negativo foi depois raspado pelo genial fotografo (Yevgeny Khaldei).
    Sobre a terem sido os americanos ou não a salvar a Europa…. Hummm devias ler a tua historia é que o motivo do muro que passava a meio daquela cidade tem a haver com isso…
    Devias também te informar porque há tão poucos judeus na Russia, entre outras coisas giras… nisto de politica e gerras internacionais não há santos só demônios.

  2. Como deves saber, a maioria dos soldados do Exercito Vermelho eram pobres, e portanto ao entrarem em berlim, e como qualquer exercito vitorioso pilharam os mortos [ver o exemplo do exercito dos EUA quando entraram no Iraque e destruiram e pilharam museus que tinham tanto patrimonio de interesse mundial…]. Comemorar um vitoria mundial, tem sempre estes reveses, os abusos que todos os lados cometem.. o que realmente me interessa é que neste dia foi oficialmente acabada uma guerra que pretendia impor um regime nazi-fascista na europa/mundo.
    O motivo do Muro? Sinceramente pouco tem a ver com a derrota do nazismo, e muito menos prova quem ganhou a guerra, EUA, Reino Unido, Sovietivos, etc etc… acho que estas a misturar coisas…
    Em relacao aos judeus, mais uma vez uma oa mistura … que tem isso a ver com o que disse?

  3. O muro tem a haver com os acordos feitos entre os “ALIADOS” antes dos US entrarem na gerra.
    Falei no judeus por teres referido a libertação destes por parte dos russos, o que só é normal porque era no leste que grande parte dos campos estavam.

    Não sei se sabes mas foi uma exigência dos russos serem eles a tomar Berlim os Alidos deste lado poderiam telo feito estavam a escaços 20 kl. A altura foi dada a autorização para os russos o fazerem até para vingarem a mortandade russa na gerra cerca de 20 milhões contagem baixa (há quem fale em cerca de 27 milhões)(carne para canhão.)contra 7 milhões de alemães em todas as frentes,

    Mas no fundo eram só exemplos do que dizia que em gerras não há santos só demônios.
    Dizer que é graças ao exercito soviético que o regimes fascistas caíram, é redutor assim como dizer que foi garças aos Estados Unidos.

    E aquela foto é no fundo uma prefeita síntese disso nem tudo o que parece é. O senhores que subiram ao topo do Reichstag foram convidados pelo fotografo a fazerem-no, é uma fotografia montada…
    depois por exemplo deu origem a uma outra foto emblemática em que um conjunto de soldados norte americanos a colocam numa ilha do pacifico.

  4. Obviamente q foram os Americanos, e muitos outros, que libertaram a Europa, ou pelo menos metade dela, é que a outra metade – a que a fotografia se refere – só foi libertada em 1989, (9 de Nov).

  5. Independente

    2011/04/06 at 14:21

    Por razões ideológicas, o Ocidente esperava que a Alemanha Nazista derrotasse a URSS – o que não aconteceu. Não havia no Ocidente força capaz de derrotar os Fascistas; tanto que, a Alemanha Nazista tinha derrotado e dominado toda a Europa Ocidental, e avançava rumo a Europa Oriental, também derrotando e dominando, com excessão da URSS. Os EUA não eram a potência que é hoje e, se os Fascistas avançassem somente para o ocidente, teriam dominado todo o hemisferio ocidental, mas não pensaram assim. Nos tempos atuais, qualquer simpatizante e admirador do regime Nazi-Fascista, sabe que o maior erro dos fascistas foi terem invadido a URSS; o que acelerou a morte do regime fascista. E essa invasão, enfraqueceu o regime; e com a resitência soviética, a invasão custou a extinção do regime nazi-fascista, já que foram derrotados pelos soviéticos.
    Mas, essa epopéia soviética custou a vida de mais de 20 milhões de soviéticos.
    O DIA “D” foi a intervenção Ocidental, e isso apenas ocorreu após os Fascistas já terem sidos derrotados pelos soviéticos; os quais avançavam em direção a Alemanha, libertando todos os países do leste europeu dominados pelos Nazistas.

  6. Não importa a foto, não importa mais o muro…o vale lembrar é a libertação de um povo (judeus) sofrido e esmagado pelas mãos de um louco que chegou ao poder através da ignorância pecaminosa de um povo.
    Que sirva de exemplo, onde o povo observa que realmente tem o poder em suas mãos.
    Do que adianta discutir hoje se o homem tinha dois relógios no pulso e a foto foi sabotada, ou se o cara era louco ou não? O que importa é que milhares de pessoas inocentes morreram covardemente…
    Tenho vergonha do ser humano, o único capaz de matar seu semelhante pelo simples momento da dita glória.
    Seres hipócritas…

Leave a Reply

© 2018 E. Balsa

Theme based on hemingway and unoUp ↑

%d bloggers like this: